Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

ESCAVAÇÕES EM RECIFE - PEÇAS DO PRÉ-DESCOBRIMENTO



Pesquisadores acharam fragmentos de cerâmica, provavelmente de populações pré-Descobrimento, no terreno que está sendo trabalhado para a construção da Arena da Copa, na cidade de Recife. O terreno de 270 hectares, virou palco de investigações arqueológicas que, aos poucos, vão removendo o passado da área situada em São Lourenço da Mata, a 22 km de Recife.

Os pesquisadores também acharam pedaços de louça portuguesa e inglesa, de um período que vai do século 17 ao 19 e que devem ter sido usadas pela aristocracia açucareira, já que os engenhos de cana cobriam toda aquela região, antes  inteiramente dominada pela Mata Atlântica e por tribos de índios tupi e guarani.

Apareceram restos de uma muralha atribuídos a um engenho de roda de água, segundo Marcos Albuquerque, coordenador do Laboratório de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A roda de água era usada na moagem da cana, para a produção de melado, rapadura, açúcar, aguardente ou álcool. .

As investigações são simultâneas na Arena e na Cidade da Copa. A Arena fica em 50 hectares, onde haverá estádio com 46 mil assentos, estacionamento para 6 mil carros, parque de exposições e setor de telecomunicações, além de 9 mil habitações.

Só na Arena, já foram efetuadas mais de 200 sondagens, cavadas 160 trincheiras e feitos mais de 170 cortes em busca de material arqueológico. Na Cidade, foram feitas 120 sondagens e 60 trincheiras foram cavadas. E os pedaços do passado começam a brotar.

"Encontramos louças inglesas do século 19, da marca Flow Blue, muito utilizada na época por comunidades ricas". Ao mesmo tempo foram encontrados fragmentos da marca Shell Edge, de caráter mais popular.

Todo o material está sendo catalogado e encontra-se sob responsabilidade da Universidade Federal de Pernambuco, que poderá repassá-lo a outro órgão no caso da instalação de um museu.

Segundo Albuquerque, toda a prospecção será concluída no cronograma previsto. O cientista afirmou que o relatório da Arena será concluído no dia 15 de outubro, mês que se encerram os trabalhos na Cidade da Copa.
As escavações são exigências da legislação brasileira em qualquer sítio onde haja grandes obras, seja rodovia, hidroelétrica ou estádio.

"A lei brasileira ligada ao patrimônio público está à frente de muitos países do primeiro mundo, onde até arqueólogos sem formação acadêmica fazem escavações. No Brasil, para iniciar um trabalho desse é necessária publicação no Diário Oficial da União, onde é citado o responsável legal pelo trabalho", afirma Albuquerque.

Fonte: Portal Vermelho.Org
Imagem do Google.

8 comentários:

Lidia Ferreira disse...

Minha querida que bom que o Brasil respeita investigações arqueológicas, otimo texto
bjs

welze disse...

alguma coisa tem que ser respeitada aqui não é mesmo? não sabia de muitos dos detalhes colocados na postagem . foi muito bom ler tudo. uma ótima semana

Nilce disse...

Muito interessante Socorro.
A História desvendada e recuperada com respeito.
Assim há provas para as futuras gerações, do povo que ali viveu.

Bjs no coração!

Nilce

pensandoemfamilia disse...

Aprecio este trabalho arqueológico e ainda bem que nele a lei prevalece.
bjs

Zilda Santiago disse...

Muito bom para Pernambuco!!!Vim do misturação para lhe conhecer e seguir o blog,antes do dia 26!!!!Prazer!!!Bjs no coração.

xunandinha disse...

Olá Socorro,venho agradecer sua visita e suas palavras,beijinhos e uma boa semana

Jorge disse...

Muito importante esta valorização na questão da arqueologia. Dificultar que qualquer pessoa possa danificar um parte da história do Brasil antigo.
Valeu pela informação, minha amiga.

Um beijo

Isa Mar disse...

Oi Socorro, realmente essas escavações são muito importantes para o patrimônio histórico.
Espero que possam fazer um belo trabalho
Beijos pra ti!