Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

SAUDADES

Penso sempre naquele menino, que teve impedida a sua caminhada... Dono de um belo rosto, e de um sorriso encantador. Era alegre, sapeca, destemido, desafiador.
Meu amiguinho só tinha doze anos. Passou meses travando uma luta ferrenha contra o câncer. Foi valente, mas, perdeu a batalha. Uma perda que me marcou profundamente. Por dias pensei na efemeridade da vida, no porquê de mortes assim, tão prematuras.
Já faz tanto tempo. Hoje ele seria um homem. Mas, continua vivo no meu coração, porque a morte não tem o poder de destruir o amor.

Socorro Melo

6 comentários:

Beth/Lilás disse...

Socorro,
Pois eu também já me peguei pensando e lembrando de pessoas assim, que passaram tão rápido na existência e no nosso convívio.
As respostas não temos agora, talvez quando ultrapassarmos esta dimensão para a outra, mas dói lá dentro quando nos lembramos deles.
Que estejam em boas mãos!
beijos cariocas


Socorro Melo disse...

Oi, Beth!

Sim, é triste mas nos faz refletir na nossa humanidade, nos nossos valores e na meta principal da nossa vida: Deus.

Obrigada pela visita.

Socorro Melo

✿ chica disse...

Fatos assim nos marcam muito,realmente e ficaremos pra sempre com eles em nós.Pena, mas acontecem!

beijos,lindo dia!chica

pensandoemfamilia disse...

Há situações que não conseguimos aceitar. Vida/morte é a nossa certeza contudo as relações que estabelecemos exitirão debtro de nós enquanto temos vida.
bjs

Evanir disse...

Desejo a você uma semana de paz e realizaçãoes
semeia amor e carinho no decorrer dessa semana
verá a diferença em sua vida.
È agradavel sermos benevolente com nossa familia
amigos afinal somos todos irmãos.
Podemos escolher entre o bem e o mal
tudo depende de nós.
Eu já deixai tantas mensagens semeando amor
por onde passei nem por isso recebi de todos
os frutos das sementes que plantei.
Uns leram guardaram no fundo do coração
por outros passei despercebida.
Uma certeza eu tenho não passei
despercebida aos olhos de quem
tem amizade verdadeira e muito menos
passei despercebida aos olhos do Pai.
Podemos escolher o que semear ,
mas somos obrigados a colher
aquilo que semeamos.
Plantemos amor colheremos fatalmente
a sonhada felicidade.
Uma abençoada semana de me suas mãos me ajuda a caminhar
o resto é o nada diante de Deus.
Paz e luz , Evanir.

Elisa T. Campos disse...

Que triste mas, lindas as suas palavras
O amor jamais morre.

Beijos.