Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

terça-feira, 26 de abril de 2011

IDENTIDADE


Mia Couto
Imagem do Google



Preciso ser um outro
Para ser eu mesmo

Sou grão de rocha
Sou vento que a desgasta
Sou pólen sem inseto
E areia sustentando
O sexo das árvores

Existo, assim, onde me desconheço...
Aguardando pelo meu passado
Receando a esperança do futuro

No mundo que combato
Morro
No mundo porque luto nasço.

Mia Couto, poeta moçambicano.

21 comentários:

✿ chica disse...

Simplesmente maravilhosa essa poesia! beijos e um dia bem lindo prati!chica

welze disse...

maravilhoso, minha quierida. boa semana

Bordados e Retalhos disse...

Lindo!!!! Tenho um texto com esse título e com um enfoque um pouco diferente. Bjs, adorei

Nane Cabral disse...

Olá, cheguei ao seu blog através do Gostosuras sem Travessuras, da querida Welze e adorei, já virei seguidora. Tb tenho um blog, qdo puder me faça uma visitinha que ficarei muito feliz. Ah, tá tendo sorteio, se inscreve! Beijinhos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com.br

Nilce disse...

Perfeito Socorro!
Um dia não haveremos de morrer nesse combate.

Bjs no coração!

Nilce

Misturação - Ana Karla disse...

Boa tarde Socorro.
Que poesia bonita!
Mas me diz aí a identidade dessa imagem...
Xeros

Nina disse...

Olá amiga, agradeço a força, e também as visitas que fazes ao jardim da minha joana, adoro o povo brasileiro, beijocas

manuel marques disse...

Desculpe a minha ausência,estou voltando aos poucos!

Beijo meu.

Socorro Melo disse...

Oi, meninas!

Que bom que vieram, adorei.

Sejam todas bem vindas!

Nane,
já estive lá no seu Blog, viu? E vou voltar sempre que puder.

Nina,
é sempre um prazer ir ao Jardim da Joana, volto sempre perfumada...

Ana Karla,
a imagem é do próprio Mia Couto, autor da poesia. Aliás, vou identificá-la,kkk.

Grande abraço a todas
Socorro Melo

Manuela Freitas disse...

Socorro, os meus parabéns, ao escolheres um poema desse grande escritor que é Mia Couto, que também é um grande humanista. Não percas de ler qualquer dos seus livros!
Beijinhos,
Manu

pensandoemfamilia disse...

Lindo poema, grata pela partilha.

Divulgando
Amanhã uma amiga do RN. seguidora do meu blog, sem blog, fará seu relato sobre perdas. Vale a pena conferir.
bjs,

mundo azul disse...

_________________________________

Esse poema nos oferece um excelente momento de reflexão... Obrigada, pela ótima leitura!

Beijos de luz...


____________________________

claudete disse...

Concatenado e belissimo poema , Socorro, "Existo onde me desconheço"- marcou! disse o que somos. beijos no coração.

José Sousa disse...

Olá Amigo Socorro!
Voltei ao seu espaço e logo me deparo com este belo poema.
Espero por você lá no meu:

http://www.transpondo-barreiras.blogspot.com/

Um Beijão

Socorro Melo disse...

Jose,

Fui ao Transpondo Barreiras, e fiquei encantada.
Uma emocionante história de vida. Quanta riqueza de detalhes!
Convido àqueles que ainda não visitaram o Jose, que o façam, pois, vale a pena.

Um grande abraço
Socorro Melo

Misturação - Ana Karla disse...

Oi Socorro!
Nosso encontro de blogueiros está previsto para o dia 22 de Maio e será um imenso prazer conhecê-la.
Te aguardo, se possível for.
Bom dia
Xeros

sonho disse...

Temos sempre que reacender a esperença do futuro...:)
Beijo d'anjo

Néia Lambert disse...

Lindo esse poema, que bom que vc nos presenteou com ele hoje Socorro.

Beijos

xunandinha disse...

Olá Socorro, fico muito grata pelas visitas que fazes tanto no meu cantinho como no jardim da minha Joana, sabes é importante para ela ter comentários de adultos e outras crianças, embora crianças sejam poucas, dizes que vens a Portugal? será que passas por Lisboa? Zona de Alcantara, Belém? vê e diz pois quem sabe poderemos nos encontrar as três, beijocas

♫*Isa Mar disse...

Oi Socorro, acho que nossa meta é mesmo deixar o combate,mas é tão difícil...nossos medos nos colocam na auto defesa
Lindo poema
Beijos pra ti!

Socorro Melo disse...

Que bom que vieram! Agradeço imensamente.

Xunandinha,
Vou procurar saber, e quando estiver mais perto da viagem, comunicarei, ok? Será um grande prazer.

Zélia,
Volte sempre, foi um prazer recebê-la. Visitarei o Mundo Azul, com muito gosto.

Manu,
Obrigada pela dica, tenho grande interesse em conhecer melhor a obra desse autor.

A Chica, Welze, Giovanna, Nilce, Norma, Claudete, Anjo(de Portugal), Néia e Isa,e tantos mais...
O meu carinho, todo bordadinho de flores perfumadas, pra vocês que sempre enfeitam esse espaço que é nosso.

Beijos mil
Socorro Melo