Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

HUMANIDADE




Eu sou livre. Você é livre. Nós somos livres. Somos? Como saber?  Vivemos numa sociedade que dita regras, que dita moda, que massifica, e nós vamos assimilando essa cultura sem se quer nos questionarmos. Parecemos robôs, produzidos em série. Temos aversão ao que é diferente. Copiamos tudo, de todos. Verdadeiras marionetes.

Vamos nos deixando moldar pelas ideologias. Vamos escondendo nossos princípios com medo de sermos ridículos. Vamos deixando de lutar contra o que destrói nossas famílias. Vamos, por comodismo, deixando de reclamar dos abusos, tornando nossas Instituições incompetentes. Vamos apagando a nossa fé. Vamos nos empaturrando de remédios para acalmar ansiedades, insônias e depressões.

Vamos perdendo o respeito pelo próximo, pela vida. Vamos crescendo em orgulho e egoísmo. Vamos nos tornando individualistas. Vamos nos deixando ofuscar pelo brilho do mundo. Vamos nos deixando escravizar pela tecnologia. Vamos criando e adorando ídolos. Vamos achando que somos melhores do que os outros. Vamos deletando Deus de nossas vidas...

E, enquanto isso, usamos máscaras: bonitas, coloridas, alegres. Cada um de nós pode ter várias, para usar conforme a própria conveniência. De máscara nós parecemos bonzinhos. Representamos bem nossos papéis. Fazemos sucesso. Recebemos aplausos.

Por dentro, tantas vezes, estamos em pedaços. Corações cheios de mágoas, de ressentimentos, de raiva, de insatisfação, de fobias... Corações vazios, a dois passos de uma colapso. Mas, por fora, somos sorrisos. Escondemos por trás das máscaras as nossas atitudes mesquinhas, as nossas fraquezas, a nossa impaciência e maldade. E prosseguimos em ritmo de carnaval, demonstrando uma alegria falsa, rodopiando e desfilando nossas fantasias, como verdadeiros papangus.

Que pena! Nós fomos criados para muito mais do que isso. Fomos pensados, amados e dotados para sermos grandes, para sermos autênticos, para sermos homens e mulheres livres. Criados com inteligência para dirigirmos as nossas vidas para o bem e para o amor. Mas, preferimos viver em guerra. Preferimos nos separar. Tudo é motivo de divisão. Alcançamos tantas conquistas, até fomos à lua, entretanto, amargamos nossa decadência moral. 

Envolvidos em tão grandes absurdos, temos destruído nossa felicidade, que só é possível na fraternidade. Temos vivido atrás das grades, com medo uns dos outros. Alimentamos a cultura do prazer, como se ele fosse o objetivo maior. Matamos bebés. Mutilamos crianças. Arrancamos dos jovens a esperança. Abandonamos idosos. Esquecemos que somos efêmeros, e que na próxima curva do caminho podemos encontrar a morte. Ignoramos que haverá um julgamento universal... Deus continua Deus, apesar da nossa loucura e hipocrisia. 

Precisamos arrancar as máscaras  e aprender do próprio Deus a lição da  humildade. Sem Ele nós somos apenas pó e cinza. Caveiras enfeitadas. De que servirá nossa prepotência? A vida maior? Requer esforço. Transformação interior.  Sabedoria. Renúncia. Então, viveremos a vida de Deus... Nada disso é fácil, é cruz, mas não é impossível, pois, “tudo podemos Naquele que nos fortalece”.

(Socorro Melo).

9 comentários:

✿ chica disse...

Palavras que fazem ver o nosso viver.Esta,mesmo mesmo acuados, com medo dos outros.Até quando? Bela mensagem,Socorro! bjs, chica

Evanir disse...

Amiga seu texto é de uma grande reflexão
vivemos numa liberdade mentirosa e desastrosa .
Acho que nunca vivi uma época de tanta insatisfação
no mundo.
Minha amada amiga..Te Amo Muito .
Um feliz final de semana beijos.
Evanir.

Ane disse...

Que texto!Tem muitas verdades nele!Eu tento ser autentica,sabe? Não ser "Maria que vai com as outras",não seguir a multidão... Tô aprendendo a questionar as coisas,não aceitar uma coisa só porque me disseram que aquilo é o certo,não usar uma roupa que não gosto, só porque é moda...Temos que ser mais humanos!
Olhar para as pessoas com amor e solidariedade.Um abraço Socorro!

Anete disse...

Socorro, obrigada pelo carinho por lá...
Bonitas e fortíssimas palavras! Viver sem máscara e ter atitudes de Cristo é desafiante e recompensador!...

Um abração neste domingo... ELE é a nossa verdadeira paz!

Lourisvaldo Santana disse...

É isso, muito bonito! Nós nos julgamos muito importantes, quando no fundo nada somos.

Abraços!

Lourisvaldo Santana disse...

É isso, nós não somos absolutamente nada, mas nos julgamos muito importantes. Esquecemos por completo que há alguém que nos vai julgar. Mas ainda há esperança - enquanto formos vivos.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amiga a imagem ja nos diz tanto...
E as palavras eu subscrevo-as totalmente.
.................

Em relação ao meu país, até ao momento, tudo
indica que vai haver uma enorme abstenção.

Eu não compreendo esta atitude dos portugueses,
depois de uma crise tão grande deviam manifestar
nem que fosse pelo voto branco o seu desagrado,
agora não irem votar? Mas como não é obrigatório.

Bjs. amiga e bom domingo para si.
Irene Alves

Sileni Machado disse...

A liberdade verdadeira somente Deus nos dá! Mas muitos acham que a liberdade é o mundo quem oferece e oferece mesmo, mas tudo não passa de uma grande armadilha! "Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!" Parabéns pelo belo post!

Bjs e uma ótima semana! Até a volta! =)
Vivendo e Aprendendo
Fotos e Prosas

Élys disse...

Tudo podemos, naquele que nos fortalece...
Uma página muito bem escrita para os dia atuais.
Mas tudo podemos conservando a fé e acreditando que passamos por uma fase em que apesar de todas as guerras, todas as dificuldades, Deus está no controle de tudo. Deus é perfeito e sendo assim, mantenhamos a
a nossa fé, acreditando em Suas decisões e que num futuro próximo a fraternidade será implantada na Terra.
Um abraço.
Élys.