Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

ERA SÓ UM MENINO


Era só um menino. Um menino sírio...
Uma das imagens que mais me emocionou, nesses dias, foi a de um menino sírio, gravemente ferido, que antes de morrer  disse, resoluto:  eu vou contar tudo a Deus...
Sim, menino, conte tudo mesmo, conte o que os homens tem feito de nossa terra, o quanto a tem destruído, e o quanto tem desrespeitado a criação movidos por uma cobiça insana e uma sede desvairada de poder...
Conte que toda a riqueza se concentra nas mãos de poucos, enquanto milhares de milhares são excluídos das sociedades, tratados como lixo, descartados...
Conte como morrem de fome e o quanto são violentadas e arrancadas a esperança e a inocência de tantas crianças assim como você...
Conte o quanto, pela força, os malvados escravizam os mais fracos...
Conte o quanto é ridicularizado o homem justo, honesto, o homem de paz...
Conte, como barbaramente são mortos tantos cristãos, simplesmente porque  se propuseram a seguir o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, a fazer o bem e a  viver o amor...
Conte, o quanto se corrompem, se animalizam, o quanto mentem, o quanto jogam na lama a dignidade de filhos de Deus, que por Ele foi dada a cada um...
Conte, conte mesmo, conte tudo... Deus é amigo das crianças e vai lhe ouvir, e quando lhe aprouver, vai por um fim nesta balbúrdia.  Ele vai gostar de saber o que acontece por aqui...
Você, como tantos outros meninos do mundo inteiro: africanos, iraquianos, latinos, foram e são violentamente feridos, abusados, invadidos, escravizados, assassinados... Vocês, só meninos...
Eles mataram o seu corpo, mas, não podem matar a sua Alma. Voa para Deus, voa ao encontro da eternidade, da segurança e da paz, e nunca mais se assuste com o clarão das armas, elas não mais lhe atingirão... Agora você está seguro e a única visão de luz que terá será o brilho do próprio Deus, o brilho da luz que não se apaga...
Conte tudo para Deus, e não esqueça de interceder por tantos outros meninos e meninas que continuam chorando, amedrontados, sonhando com um refúgio seguro e com a liberdade, com o direito de brincar, de ir à escola, de serem felizes no seio de suas famílias.
Conte, conte mesmo, conte tudo...
À você, dedico este singelo texto e minhas orações.
(Socorro Melo)



6 comentários:

Lucia x disse...

Socorro,
Que texto maravilhoso! Quanta emoção senti ao lê-lo. Tanto sofrimento! Meu Deus onde vamos parar! Conte, menino, Deus vai te ouvir! Parabéns, Socorro! Bjs e Boa Noite!

✿ chica disse...

Lindo, emocionante! beijos, tudo de bom,chica

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Socorro
Ele já contou e deus está providenciando uma reforma de vida em cada coração humano, eu creio...
Bjm fraterno

Lúcia Soares disse...

Socorro, texto comovente. Li-o mais de uma vez e cheguei à conclusão de que ele serve para todos os tempos. Desde que o mundo é mundo que isso acontece. Guerras em nome de uma religião que não tem nada a ver com Deus, com Jesus, com credo algum. São homens, simplesmente, que lutam para si, pelo poder, como você bem o disse.
Eu estou pasma com tudo que tem acontecido em nome de quem e para quê?
Só nos resta rezar e acreditar que um dia o mundo viverá na paz, todos irmanados.E, aí sim, estaremos como Deus nos quis, para o que nos criou.
Beijo e bom fim de semana.

Elvira Carvalho disse...

Um texto maravilhoso que me emocionou até às lágrimas.
Um abraço

Socorro Melo disse...


Minhas amigas, sinto que cada uma, assim como eu, sente muito por toda essa desarmonia. Concordo com o que todas disseram, e fico feliz que nos identifiquemos no que acreditamos.

Eu creio que um dia tudo será melhor. Faço a minha parte, como uma formiguinha para tornar esse mundo melhor e mais humano, e sei que Deus nos houve e a seu tempo nos socorrerá.

Continuemos intercedendo pela paz do mundo.

Beijos e bênçãos

Socorro Melo