Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sábado, 6 de fevereiro de 2016

MERRICK


Lembrei-me de um filme, que assisti há bastante tempo. É um filme belíssimo, e que me marcou profundamente, tanto que nunca o esqueci. Esse filme, de 1980, foi baseado em fatos reais. E conta a história de um homem, um inglês, que tinha uma doença rara, de nascença: uma neurofibromatose múltipla. Seu corpo era quase que totalmente deformado. A deformidade era tão agressiva, que incutia certa repulsa em quem o olhasse, e deixava-lhe com um aspecto animalesco, que lembrava um elefante, por isto o título do filme: O Homem Elefante. A doença foi posteriormente diagnosticada de síndrome de proteus.

No entanto, era uma pessoa humana intensa, de grande sensibilidade, e beleza interior, e que cativava àqueles que dele se aproximavam. Chamava-se Joseph Merrick. Conta a história, que Merrick foi vítima de pessoas inescrupulosas, que desrespeitosamente se aproveitaram da sua fragilidade, das suas limitações, e o escravizaram de forma absurdamente desumana. Os tais algozes, exibiam-no em um circo de aberrações, como uma aberração da natureza. Era apresentado, como a versão mais degradante do ser humano, destituindo-lhe de toda dignidade humana. Chamava-o de o homem elefante, e o tratavam como a um animal. No circo, era alimentado apenas com batatas, assim como os elefantes, e era constantemente espancado.

Essa história arranca lágrimas até dos mais duros corações. No enredo, Merrick é descoberto por um médico anatomista, Doutor Frederick Treves, em uma das apresentações do circo, que o internou em um Hospital e passou a estudar sua enfermidade, bem como a lutar pela sua liberdade, e pela consecução dos seus direitos, e da sua dignidade. O filme tem um desfecho belo e poético.

Diante da história de Merrick contada no filme, e de tantos casos de pessoas deficientes, que vivem seus dramas, suas escravizações, e a usurpação de seus direitos, compete a nós cidadãos, cobrar dos nossos representantes, ações governamentais voltadas para a pessoa deficiente. Que lhes confira proteção e segurança.

(Socorro Melo).

7 comentários:

✿ chica disse...

O filme é mesmo lindo e tomara todos possam ter seus direitos respeitados! Bom feriadão! bjs, tudo de bom,chica

Elvira Carvalho disse...

Não vi o filme, mas ouvi falar do homem elefante.
E depois dizem que o homem é um animal superior, o único racional. Nenhum outro é tão cruel para os seus como o próprio homem.
Um abraço e bom fim de semana

Sissym Mascarenhas disse...



Eu lembro que fiquei muito impressionada. Naquele tempo eu desconhecia a maioria das doenças terriveis tanto fatais como que impossibilitavam uma vida normal. O filme era triste, um drama, especialmente por mostrar o lado cruel do ser humano.

bjs

Gracita disse...

Eu não vi o filme mas tinha conhecimento da história
O homem está longe de ser chamado "SER Humano" pois não conhece e não respeita as individualidades do seu próximo, seu irmão, filho do mesmo Deus. Tomara que no futuro os direitos sejam respeitados e as pessoas tratadas com dignidade e respeito
Um bom domingo Socorro
Beijos

Toninho disse...

Filme de cenas fortes e emocionantes, com diz de arrancar lagrimas.
O ser humano é frágil para certas maldades principalmente a discriminação.
Uma linda semana Socorro.
Meu terno abraço de paz e luz.Bju

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Bom dia!!
Estou chegando para conhecer seu blog
já estou seguindo aqui.
Vou ler com calma e depois
volto para de fato
comentar.
Enquanto vou lendo aqui
a aguardo la no Espelhando, viu?
Bjins
CatiahoAlc.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Oi minha flor!
Sim...assisti este filme qdo era adolescente, e chorei, que judiação...mas que filme lindo, cheio de lições e aprendizados.
Que possamos sempre fazer a nossa parte _/\_
Beijo grande no coração.

Flores e Luz.