Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

VENEZA



By Socorro Melo


Era bem cedo ainda quando saímos do nosso Hotel em Mestre para ir à Veneza. Os termômetros marcavam dois graus.  Eu não tenho palavras para descrever a emoção que me dominava naquele momento. Dali a poucos instantes pegaríamos um barco para fazer a travessia. Tudo em volta era tão diferente, tão bonito.

Quanto eu sonhara com Veneza! Desde a adolescência alimentava esse desejo. Era incrível que estivesse bem perto de conhecê-la, de respirar-lhe o ar, de pisar no seu solo, de olhar pro seu céu, de navegar no seu mar…

E chegamos ao Porto. E ocupamos nossos lugares no Vaporetto (barco motorizado que faz o transporte público até a ilha). Enquanto ele deslizava por aquelas águas de um verde límpido e de intenso brilho, naquela manhã de outono, meus olhos íam vislumbrando uma beleza que nem parecial real.

O vento gelado e o balanço do barco me faziam tremer, de frio, mas,  também de um pouco de ansiedade, de emoção. Cobri a cabeça com a echarpe na tentativa de ficar mais confortável.

Aos poucos Veneza ia se desenhando à nossa frente. Barcos atracados,  torres, casario, cúpulas de imponentes igrejas e o campanário de São Marcos. Senti vontade de chorar, de verdade. Enfim, chegamos.

Pude perceber, de um soslaio, que Veneza era diferente de todas as cidades que eu já conhecera. Nenhuma era flutuante e desafiadora quanto ela. Veneza tem, além da beleza, uma história impressionante.

E ali estava eu. - Prazer em conhecê-la, princesa do mar, disse em meus pensamentos.

A Veneza dos Doges, dos tribunais, dos grandes compositores, como Vivaldi, e dos grandes carnavais, das gôndolas, das pontes e dos canais, da arte e da música, estava ali diante mim, era demais…

E deslumbrada,  eu registrava tudo em minha memória, tudo que os meus olhos em festa me presenteavam, como um sedento diante de uma fonte de água.

Quantas particularidades. Veneza, creio, é a única cidade do mundo onde não circulam carros. Porém, o tráfego, respeitando-se mão e contra-mão é feito pelas pessoas.

Cada passo, uma aventura.  Conheci e me encantei com a Basílica de São Marcos, o evangelista, com a arquitetura, com os afrescos, e com o belíssimo interior, onde são guardadas as relíquias do santo e onde repousam seus restos mortais.

A Praça São Marcos é outro grande ponto turístico. É repleta de lojas, de cafés, de restaurantes, finos e elegantes, e no centro, grande quantidade de pombos que a tornam mais bonita.

Dos cafés ouvíamos músicas clássicas tocadas e cantadas ao vivo. E um grande burburinho de turistas vasculhando cada centímetro daquele lugar mágico, em busca de souvenirs, de comida ou do lugar perfeito para uma self, a ver pelos seus semblantes, todos encantados, como eu, de cara pra cima registrando tudo, apreciando os belos e históricos prédios e o campanário.

Comemos massa, degustamos vinho, vimos uma demonstração de como é trabalhado o vidro até se transformar nas maravilhosas e famosas peças de cristal, expostas ali naquela loja, conhecidas como cristais de Murano.

Atravessamos pontes, visitamos Museus, mas a grande emoção foi, de fato, navegar na gôndola, por entre os estreitos canais conhecendo as ímpares ruas de Veneza.

E quando o dia declinou, e com ele o ocaso do sol, Veneza nos surpreendeu com uma beleza poética,  envolvida pelos raios do sol poente que douravam suas águas, deixando-a mais romântica, mais atrativa, mais adorável e inesquecivelmente mais Veneza.

E foi neste clima de quase êxtase diante de tanta beleza que nos  despedimos, já com vontade de voltar, e com a grata satisfação de saber concretizado um lindo sonho.

Buono te conoscere Venezia!


Por Socorro Melo

5 comentários:

✿ chica disse...

Veneza é mesmo linda e encantadora.Que bom que fostes lá! Valeu e tomara voltes! bjs praianos,chica

Elvira Carvalho disse...

Nunca fui a Itália, logo só conheço Veneza, das imagens de filmes, e das fotos de amigos que já por lá andaram.
Um abraço

R: Fiquei feliz por ter lido o Estranho Contrato e ter gostado. A história atual, nasceu na minha cabeça quando alguém me disse que era pena ter acabado.

Roselia Bezerra disse...

Boa Noite, querida Socorro!
Tão bom saber que Deus ouviu seu sonho e que ouça o meu, se Ele desejar!
Lindo passeio e amei ler sua descrição!
Bjm muito fraterno e um 2017 abençoado!

Toninho disse...

Que lindo Socorro.
Um sonho realizado e uma eterna recordação.
Vamos torcer para que esta se repita e voce possa compartilhar conosco estas maravilhas.
Um bom lindo fim de semana amiga.
Meu terno abraço de paz.

Gracita disse...

Bom dia Socorro
Que lindo ter o sonho realizado e numa cidade maravilhosa
O teu relato desperto o desejo de por lá estar para desfrutar das maravilhas que dissertaste com tamanha emoção. Tomara que muito breve lá possas voltar e mais uma vez se emocionar
Um lindo e abençoado sábado
Beijos