Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

quinta-feira, 22 de julho de 2010

AMOR... RESPEITO... E LIBERDADE!



Aquilo que existe em mim e faz parte de mim...
pode ser transformado...
se eu quiser...
Aquilo que é do outro...
só pode ser transformado por ele...
e será compreendido e aceito por mim...
dentro dos meus limites...
se existir respeito...
Posso falar ao outro como me sinto em relação
ao que ele faz ou diz...
se houver liberdade...
Não posso afirmar:
“Aquilo que o outro fez ou disse me feriu...”
Eu é que me feri com AQUILO que ele fez ou disse...
tenho opções...

Eu sou dono das minhas emoções...
sensações e sentimentos...
Também... das minhas atitudes...
pensamentos e palavras !
maravilha...
Não é coerente dizer que fiz algo para alguém...
só porque alguém fez isso comigo primeiro...
Se eu agisse assim...
eu seria apenas resposta e eco...
sem vida...
É mais valioso optar por agir ao invés de apenas reagir...
É mais sensato perceber que sou dono das minhas ações...
e se faço algo...
sou o responsável por isso...
tenho escolhas...

Reconheço que as rédeas do meu destino estão nas minhas mãos...
e me recuso a segurar as rédeas do destino do outro...
é meu direito...
Busco o AMOR em sua mais bela expressão...
e por isso abro mão de querer ter o controle
sobre a vida do outro...
Amém...
Quero amar com liberdade !
Quero amar com plenitude !
Quero Amar antes de tudo...
porque é bom...
AMAR com RESPEITO e LIBERDADE !

Kali Mascarenhas

3 comentários:

Luciana P. disse...

Muito bom esse texto, nos faz refletir bem fundo sobre quem somos ou almejamos ser. Nem sempre conquistamos tudo o que queremos, mas o que conseguimos deve ser valorizado. Adorei! beijos!

Tânia Meneghelli disse...

Socorro querida,

Excelente escolha de texto. Acho que nunca é demais afirmar essa verdade absoluta de que somos inteiramente responsáveis por nossa felicidade.

É isso aí. Dando conta dos nossos próprios sentimentos e ações já estamos fazendo nossa parte. E acredito muito que o universo conspira ao nosso favor quando agimos assim. Estar em paz consigo mesmo, sem apontar o dedo para os outros é, sem dúvida alguma, a melhor fórmula para se aproveitar a vida plenamente.

Beijoca!

Socorro Melo disse...

Queridas Luciana e Tânia,

Que bom "vê-las" por aqui, é uma honra. Muito grata pelas visitas.
Também gostei muito deste texto, por nos chamar a atenção pra algo que já sabemos,que somos responsáveis pela construção da nossa felicidade, e que devemos respeitar as escolhas dos outros,só assim podemos, de fato, amar com liberdade.
Beijos
Socorro Melo