Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

DESPEDIDA DO TREMA

 Olá, pessoal! 

 Paz e Luz a todos, é o que desejo.

Recebi este texto por e-mail, e achei fantástico, por isso resolvi compartilhar.


ExTREMAmente criativo!
Não sei quem é o autor(a), mas o(a) cara mandou bem.




Despedida do TREMA

Estou indo embora. Não há mais lugar para mim. Eu sou o trema.Você pode nunca ter reparado em mim, mas eu estava sempre ali, na Anhangüera, nos aqüiféros, nas lingüiças e seus trocadilhos por mais de quatrocentos e cinqüentas anos.

Mas os tempos mudaram. Inventaram uma tal de reforma ortográfica e eu simplesmente tô fora. Fui expulso pra sempre do dicionário. Seus ingratos! Isso é uma delinqüência de lingüistas grandiloqüentes!

O resto dos pontos e o alfabeto não me deram o menor apoio... A letra U se disse aliviada porque vou finalmente sair de cima dela. Os dois pontos disseram que eu sou um preguiçoso que trabalha deitado enquanto ele fica em pé.

Até o cedilha foi a favor da minha expulsão, aquele C cagão que fica se passando por S e nunca tem coragem de iniciar uma palavra. E também tem aquele obeso do O e o anoréxico do I. Desesperado, tentei chamar o ponto final pra trabalharmos juntos, fazendo um bico de reticências, mas ele negou, sempre encerrando logo todas as discussões. Será que se deixar um topete moicano posso me passar por aspas?

A verdade é que estou fora de moda. Quem está na moda são os estrangeiros, é o K, o W "Kkk" pra cá, "www" pra lá.
Até o jogo da velha, que ninguém nunca ligou, virou celebridade nesse tal de Twitter, que aliás, deveria se chamar TÜITER. Chega de argüição, mas estejam certos, seus moderninhos: haverá conseqüências! Chega de piadinhas dizendo que estou "tremendo" de medo. Tudo bem, vou - me embora da língua portuguesa. Foi bom enquanto durou. Vou para o alemão, lá eles adoram os tremas. E um dia vocês sentirão saudades. E não vão agüentar.

Nos vemos nos livros antigos. Saio da língua para entrar na história.

Adeus,

Trema.

(Autor desconhecido)

12 comentários:

Néia Lambert disse...

Socorro, eu adoro essa criatividade do brasileiro, esse texto ficou muito divertido.
Como no Brasil as coisas vivem mudando, quem sabe um dia o trema volte a fazer parte da ortografia,mas confesso que estou gostando da sua aposentadoria.
Beijos

Élys disse...

Coitado do trema!...Foi embora triste. Mas é a evolução...

Muito criativo.

Um abraço.

Socorro Melo disse...

Oi,Néia!

Eu também. E espero que o trema possa se realizar lá mesmo, na Alemanha, kkk

Élys!

Concordo, a evolução, a princípio, causa transtorno, mas, com o tempo, vai se adaptando, e aí, o sr.trema vai sossegar,kkk

Obrigada por estarem aqui. Estou devendo visitas, mas, é que minha conexão está péssima, e não consigo acessar todos os Blogs.

Beijos
Socorro Melo

Misturação - Ana Karla disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Socorro quanta criatividade!
Adoreiii!
Xeros

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

Querida, que delícia esse texto, deu até uma imensa dó do trema, tadinho!
Tomara que ele fique bem, nem que seja na história!
Beijos querida, muito grata pelo seu carinho e suas visitas sempre tão encantadoras!

Beth/Lilás disse...

Socorro,
É uma pena mesmo que o trema tenha caído, achava tão mais enfático e até bonitinho.
Dias modernos, fazer o quê?
bjs cariocas

Mariana disse...

Criatividade é tudo e fazer uma despedida tão linda ao trema, surpeendeu e encantou.

welze disse...

coisa de gênio. Adorei. Linguiça nunca mais será a mesma sem o belezinha do trema a enfeitar-lhe o nome. Fazer o que não é mesmo?tudo muda, mas que fica chato sem ele, ah isso fica mesmo.

Nilce disse...

Muita criatividade mesmo Socorro.

Este texto sensacional foi publicado no ano passado e se não me engano o nome do autor é Lucas Nascimento. Não tenho certeza.
Adorei!

Bjs no coração!

Nilce

pensandoemfamilia disse...

Muito criativo o texto. Seria bom vários outros sobre algumas extinções, pois assim nos facilitaria a renovar, modernizar na escrita.
bjs

Gislene disse...

Olá!este texto é mesmo de Lucas do Nascimento Silva,não é por ser meu filho não,mas é sensacional mesmo.grata

Gislene disse...

Olá!este texto é mesmo de Lucas do Nascimento Silva,não é por ser meu filho não,mas é sensacional mesmo.grata