Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

MUTISMO

Imagem do Google


Quanto mais eu me aproximo
Mais longa se faz a distância
Mais cresce no peito a ânsia
E tanto mais desanimo...

Quão tortuosos caminhos
São esses que eu percorro
Por vezes vislumbro socorro
Em nuances de carinhos

Mas quando a palavra impera
Tal qual açoite cortante
Deixa mágoa lancinante
E a distância então prospera

Palavras que não são ditas
Divagam no céu da mente
E machucam cruelmente
Remoendo a vã desdita

Acorrento a minha voz
Num mutismo exacerbado
E o coração mutilado
Chora a sua dor atroz

(Socorro Melo)



21 comentários:

Élys disse...

Você escreve de uma forma linda. Gosto muito...
Um abraço e um bom fim de semana.

✿ chica disse...

Espetacular tua poesia,Socorro! um beijo e lindo fds,chica

Silenciosamente ouvindo... disse...

Minha amiga ainda bem que conseguiu
ver o vídeo.Gostei muito deste seu
poema. Não sei se já lhe pedi a si,
mas eu tenho um blogue http://sinfoniaesol.wordpress.com
onde insiro muita poesia de
vários poetas que me cedem(eu
gosto muito de poesia mas não a
consigo construir) se a amiga me
cedesse um poema seu para inserir
com os devidos créditos,teria muito
gosto.Basta deixar comentário.
Beijinho e bom fim de semana.
Irene

Sandra Puff disse...

Olá, Socorro!
Que Belo Poema, menina!
Tem até seu nome nele, parabéns!
Estou te seguindo, amiga...
Dá uma passadinha no Sapatinhos da Dorothy, só clicar em meu nome, se gostares, me siga também, amiga.
Um abraço carinhso,
Sandra,

Claudia disse...

Socorro querida! acabei de postar um assunto que tem tudo a ver com teu poema...que incrível! adorei...parabéns! bjs

Anne Lieri disse...

Socorro,muitas vezes o que nao é dito dói mais que muitas palavras!Simplesmente linda sua poesia!Bjs,

Anne Lieri disse...

Socorro,muitas vezes o que nao é dito dói mais que muitas palavras!Simplesmente linda sua poesia!Bjs,

♫*Isa Mar disse...

Oi amiga, lindo seu poetar, um desabafo que toca o coração.
Beijos em tua alma e um abençoado fim de semana!

Néia Lambert disse...

Socorro, gosto tanto do seu jeito leve de escrever, até mesmo da dor!

Beijos

Suziley disse...

Socorro querida, linda poesia. Sensibilidade e talento. Menina, adoro ler-te!! Um lindo sábado para vc, bom final de semana, beijos no seu coração :)

Everson Russo disse...

Distancia que sempre machuca o peito,,,belos versos...beijos de bom final de semana pra ti.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Nesse "mutismo",disse tudo, do amor
e da dor. Que bela poesia, Socorro!

Antes de ler esse primor, percorri as postagens anteriores (estive ausente
algum tempo).Excelentes postagens!
Beijos
Lúcia

Silenciosamente ouvindo... disse...

Obrigada amiga pela sua disponibilidade em me ceder sua
poesia. Vou colocar pela ordem em
que me cederam, quando eu colocar
a sua eu lhe digo.O meu PC também
não me está a ajudar muito, está
a precisar "de oficina"...
Bom fim de semana e muito grata.
Beijinhos/Irene

Juju Porcino Loureiro disse...

SOCORRO QUERIDA,
AMEI ESSE SEU POEMA. LINDO D+++!!!
PARABÉNS, PARABÉNS!!!

"Palavras que não são ditas
Divagam no céu da mente"

COMIGO ACONTECE EXATAMENTE ASSIM...
Beijos e fique com DEUS!!!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
"Nuances de carinho"... gestos ternos...
É dor e alegria ao mesmo tempo... vale a pena!!!
Bjm de paz

Claudia disse...

Socorro querida! vou responder sobre a lavanda por aqui...tem um site confiável de óleos essenciais: www.bioessencia.com.br
bjs amada

Gilmara Wolkartt disse...

Ei Socorro
Adorei o poema, apesar das palavras, sua voz não se calou, fala através do poema!
Bom final de semana.
Gd beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

Minha amiga muito obrigada por
ceder a sua poesia, que já inseri
no http://sinfoniaesol.wordpress.com
e espero que possa verificar se
está tudo bem.
Um beijinho e um bom domingo
para si.
Irene

Socorro Melo disse...

Olá, amigos e amigas!

Porque às vezes o silêncio fala mais que mil palavras...
E porque às vezes as palavras ditas ferem tanto quanto um açoite...
E tantas vezes precisamos do silêncio para nos encontrarmos e retomar nossa caminhada...

Gostei imenso de vê-los aqui. Obrigada pela presença e pelo carinho. E que bom que gostaram!


Um abraço
Socorro Melo

pensandoemfamilia disse...

Nem sei o que é pior, palavras ríspidas ou o mutismo sofrido.
Bonito seu poema, cheio de sentimentos e ções que nos atravessam.
bjs

Toninhobira disse...

Uma inspiração bela para um sentimento maravilhoso.Que estas palavras suavizem no dia a dia.
Um abração Socorrro.