Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sexta-feira, 28 de abril de 2017

CONTO: O ÚLTIMO DIA - PARTE 6



Andou em círculos por um bom tempo, sem ter noção de onde ficava a rodovia, mas, por fim, encontrou. Estava desnorteado, não sabia que lugar era aquele, e se sentia humilhado por estar seminu. Viu um barzinho à beira da estrada, com um orelhão defronte, e para lá se dirigiu. Contou toda história, foi acolhido, conseguiram-lhe uma peça de roupa, e depois de refeito, dirigiu-se ao orelhão e ligou para Luísa.
Quando ouviu a voz da mulher, as lágrimas brotaram de seus olhos, e os deixaram embaçados. Foi tomado de grande emoção, e nunca a voz de Luísa lhe parecera tão doce e tão maviosa aos seus ouvidos. Fez um esforço para recobrar o controle e disse:
- Luísa, eu estou bem. Vou chegar mais tarde, mas, não se preocupe, estou bem – e depois de instantes, com o coração aos pulos, disse carinhosamente: eu te amo.
A vida lhe dera uma nova chance, sentia que nascera de novo, e só importava ser feliz agora. Viveria cada dia de sua vida como se fosse o último. Era sexta-feira.
No domingo seguinte, Alfredo era só mais um, naquela passarela de peregrinos que conduzia aos pés da mãe Aparecida, para derramar  no seu coração misericordioso toda sua gratidão e louvor.

Imagem da Net
FIM


Esta história foi baseada em uma experiência real, vivida por alguém da minha família.



3 comentários:

✿ chica disse...

Gostei muito de acompanhar e tudo descrito rico em detalhes! Que bom acabou bem e agradecer é preciso! bjs, chica

Elvira Carvalho disse...

Obrigada por ter partilhado.
Um abraço e bom fim de semana

Élys disse...

Bom que houve um final feliz e você soube bem escrever esta história para conosco compartilhar.
Um abraço.
ÉLys.