Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sexta-feira, 18 de março de 2011

REFLEXÃO


Imagem do Google


Leitor querido, seja bem vindo!    

Esta semana, fiz uma visita ao Hospital do Câncer de Pernambuco, e fiquei muito impressionada, e comovida. O breve tempo que lá permaneci, me fez refletir, e ...


Divaguei naqueles rostos tristes
Olhos perdidos no vazio de esperanças
Entregues às doces lembranças
De um passado consumado
Que abriga o melhor da vida
Momentos que se foram
E que não voltam mais
E agora, o presente, deprimente
Frágeis criaturas
Deformados, decrépitos, mutilados
Desfilam a dor e o cansaço
À mercê das incertezas
Nem mesmo as lágrimas
Companheiras, de fato
Aliviam o infortúnio
Tão carentes de cuidados
Parecem mais condenados
A cumprir uma sentença
E pensar que todos nós
Podemos ser mais um
A ingressar nas fileiras
Da adversidade
Fez-me entender o quanto
É irrelevante a VAIDADE.

8 comentários:

chica disse...

Quando paramos pra pensar e, principalmente em locais de doenças, conseguimos ver claramente o que importa realmente. Lindo post!

beijos,chica e ótimo fds!

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

Querida, se todos parassem um minuto para constatarem essa verdade, a única verdade, de quem ninguém sairá vivo daqui, muito coisa com certeza mudaria. A começar pelos valores da vida.
O que está faltando ao povo é refletir...
Beijos minha querida, fica sempre bem, tenha um lindo e abençoado final de semana, de paz e luz!
Carinhos, Toca dos Gatos.

Néia Lambert disse...

Socorro, esses momentos fazem com que a gente caia na real, deixemos de nos preocupar com coisas efêmeras, banais e que, por incrível que pareça, às vezes nos deixa triste o dia inteiro.
Vendo o sofrimento e a luta dos doentes nos conscientizamos que a vida está muito acima da vaidade.

Beijos

manuel marques disse...

Beijo e bom fim de semana.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Olá querida flor!
Meu coração ficou apertado e dolorido lendo o que vc escreveu, principalmente porque veio a imagem da minha doce mãezinha na época em que sofreu tanto com o câncer que a acometeu...infelizmente ele levou vantagem...acompanhei tudo de pertinho, todos os tratamentos, e pude ver coisas terríveis tanto com ela qto com os outros pacientes que por lá passavam...momentos que me renderam muitos problemas de saúde e tristezas...mas que nos tornam mais fortes tbm a duras penas...pois é...cada um sabe a alegria e a dor que trás no coração...
Beijinhos querida.

Flores e Luz.

Flor de Lótus disse...

Oi,Socorro!Nessas horas me sinto como a gota d´água no oceano, tão pequena diante de tanta tristeza,mas muito nobre tue gesto de ir lá.
Que Deus tenha piedade dessas pessoas!
Beijoss

Socorro Melo disse...

Oi, queridas!

Ver o sofrimento alheio nos conscietiza da nossa finitude, e pequenez, e nos ensina a ver a vida como ela é.

Mônica,
Não dá nem pra imaginar o que você sentiu, sinto muito, por sua mãezinha. Mas, é como você disse, aprendemos através da dor, talvez a maior lição da vida, nos tornar mais humanos.

Obrigada por refletirem comigo.

Beijos
Socorro Melo

pensandoemfamilia disse...

Pois é querida, temos tanto a usufruir da vida eeeeee acabamos nos perdendo com pequeninas coisa, entre elas a VAIDADE no sentido do orgulho, da prepotência e do egocentrismo.