Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

DIFERENTES?




Recebi este mimo, este recadinho da Leci Irene, do http://lecirene.blogspot.com/ É um recado que vem fazendo a volta, como uma corrente!

Repasse: As pessoas precisam entender que as crianças com necessidades especiais não estão doentes. Elas não procuram uma cura, apenas aceitação. Esta é a semana da educação especial. Noventa e três por cento das pessoas não vão copiar e colar este texto. Que tal fazer parte das sete por cento e...deixá-lo no seu mural por pelo menos, uma hora?

10 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Excelente Socorro!
Vou levar para o meu agorinha.
Xeros e bom final de semana

Barbie Girl disse...

Que legal!! Adorei!

beijos

diariodumapsi disse...

Ei querida !
Muito bom, vamos entrar nessa roda.
Volto para levar o selo
Bom final de semana.
Gd beijo

pensandoemfamilia disse...

Boa ideía vou levar agora, ok. Estou atarefada participando de um Simpósio por isto só agora estou podendo visitar os amigos.
bjs.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Ontem eu fiz uma postagem sobre essa corrente, é mto importante a gente divulgar né.
A vida de uma pessoa com necessidades especiais já é tão difícil para a gente piorar com nosso preconceito.

bom dia Norma!

Everson Russo disse...

Com toda certeza, uma aceitação que as façam iguais,,,,beijos de bom final de semanapra tiquerida.

C@urosa disse...

Olá, passando para uma breve visita, adorei seu blog, espero poder voltar mais vezes. Paz e harmonia em seus dias.

forte abraço

C@urosa

Flor de Lótus disse...

Parabéns pela iniciativa,Socorro é isso mesmo elas só precisam de carinho e aceitação nada mais.
Beijos

Socorro Melo disse...

É isso aí, obrigada gente! Façamos a nossa parte e o mundo se torna melhor, com certeza.


Gd abraço a todos
Socorro Melo

Yolanda Hollaender disse...

Que bonito, Socorro!
Assim que terminar de deixar meu recado para você, colarei no meu mural a mensagem!
Aproveito para agradecer sua presença no meu blog.
Meu carinhoso abraço,
Yolanda