Pegadas de Jesus

Pegadas de Jesus

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

SOLIDÃO


Imagem da Net (Google)

No coração uma dor
Que não consigo sanar
Vai minando minha paz
E aumentando meu pesar

Que desespero, meu Deus!
Essa dor tem me causado
Tanta zanga, tanta raiva
Coração amargurado

Quanta mágoa na minh’alma
Que só deseja o amor
Mas vive de solidão

Um olhar triste, perdido
Tal qual um bicho ferido
Sozinho na multidão.


Socorro Melo


Gente!

Pegando o gancho no comentário da Beth, quero esclarecer que eu estou bem, tá? (Rs) Esse poeminha, representa um momento da minha vida sim, mas, que ficou num passado bem remoto.
Fiquei emocionada, e feliz ao mesmo tempo, pelo carinho e pela atenção da Beth comigo. Valeu, amiga! Beijos no coração.

6 comentários:

Beth/Lilás disse...

Olá, Socorro!
A poesia tem uma linda rima e harmonia, mas um fundo triste. Por acaso é assim que estás se sentindo? Se for, conte conosco, estamos aqui para não deixá-la sentir-se nesta solidão.
aceite meu abraço, mesmo virtual, mas muito verdadeiro.

diariodumapsi disse...

Ei querida
A poesia liberta, tive essa experiência com o blog, os textos, as poesias as crônicas que transformam sentimentos em palavras, também transformam pessoas!
Então é isso que te desejo: liberdade!
Que nenhum sentimento negativo te aprisione!
Que seu final de semana seja lindo
Gd beijo

manuel marques disse...

Todo o inferno está contido nesta única palavra: solidão...

Beijo.

welze disse...

realmente muito lindo.

sonho disse...

Todo o ser humano tem momentos de solidão...momentos de tristeza...faz parte da nossa aprendizagem...
Beijo d'anjo

Beth/Lilás disse...

Fico feliz de saber que está tudo bem contigo.
Vim até verificar. hehe
bjs cariocas